UMA QUESTÃO DE PRIORIDADES…

Sozinha escutando belas músicas, depois, de um demorado banho de piscina e de um delicioso almoço, penso que nada mais posso pedir da vida, afinal, não posso abusar…

Até parece que tudo me é absolutamente fácil e que, simplesmente, cai do céu, mas quem me conhece na intimidade, bem sabe que sou uma criatura muito rigorosa nas minhas escolhas, priorizando acima de tudo o que me dá prazer e para tanto, abro mão de outras tantas coisas que nada me dizem e aí, tudo de bom me acontece, mas não posso esquecer o  muito que sou tenaz e paciente, nos meus quereres.

E quando eu foco nos meus mais preciosos desejos, faço deles minhas necessidades e então, sou fiel na espera do meu querer, nada mais é capaz de chamar a minha atenção, desviando-me de meu propósito, não importando o quanto tenha que esperar e quanto mais espero, mais e mais desejo, com o coração tranquilo e a fé inabalável.

E aí, o universo conspira a meu favor, mantendo-me sorridente e confiante e quando, finalmente realizo o meu querer, regalo-me sem pudores ou culpas, afinal, fiz por merecer.

“Não se pode ter tudo”, escuto isso desde a infância e jamais concordei, afinal, pode sim, todavia é preciso que saibamos colocar um escalonamento disciplinado, afim de não atropelarmos os quereres…

Tudo a seu tempo e ele chega e como se torna divinamente único, sempre surpreende, levando-nos a pensar que somos os mais abençoados da face da terra.

E como um cachorrinho perdigueiro, sigo farejando os meus quereres, acreditando  que, nada impedirá a minha conquista e como a vida é composta de energias, elas vão repletas de paixão e em algum momento, elas voltam vibracionalmente, ao nosso encontro.

Saber esperar é tão importante, quando desejar.

Simples assim…