Biden e Zelenskiy discutem sanções, ajuda e negociações com a Rússia

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, discutiram nesta quarta-feira ajuda adicional do governo norte-americano, sanções e as negociações de paz de Kiev com a Rússia em uma ligação de uma hora, afirmaram os dois lados. 

Os Estados Unidos querem dar à Ucrânia 500 milhões de dólares em auxílio orçamentário direto, afirmou Biden a Zeleskiy, de acordo com um comunicado da Casa Branca. 

Biden também revisou as sanções e a assistência humanitária que foram anunciadas na semana passada, enquanto Zelenskiy atualizou Biden sobre o status das negociações com a Rússia, afirmou a Casa Branca, em nota, após a teleconferência entre os dois presidentes. 

“Avaliações compartilhadas da situação no campo de batalha e na mesa de negociações. Conversaram sobre apoio defensivo específico, um novo pacote de sanções aumentadas, auxílio humanitário e macrofinanceiro”, escreveu Zelenskiy em uma publicação no Twitter. 

A Casa Branca afirmou separadamente que os dois discutiram as iniciativas de Washington “para atender os principais pedidos de assistência à segurança da Ucrânia, os efeitos que aquelas armas tiveram no conflito, e as iniciativas contínuas dos Estados Unidos com aliados e parceiros para identificar as capacidades para ajudar o Exército ucraniano a defender seu país”. 

A reunião aconteceu enquanto as forças russas continuavam seus bombardeios próximos a Kiev e a outra cidade ucraniana, um dia depois de a Rússia prometer uma redução das operações depois de cinco semanas da invasão do país vizinho. O Ocidente minimizou as promessas de Moscou, como um plano para reagrupar as forças invasoras após elas sofrerem perdas significativas. 

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.