Grupo de ACM Neto aposta em vitória em 1º turno

Após o senador Jaques Wagner (PT) confirmar a desistência ao pleito de governador da Bahia, o grupo do pré-candidato ACM Neto (UB) já aposta em uma vitória do ex-prefeito de Salvador no primeiro turno. 

Os aliados de Neto acreditam em uma dobradinha Lula-Neto, com eleitores que votem na “dupla” para presidente e governador, respectivamente. O ex-prefeito, no entanto, deve garantir votos em comum com o presidente Jair Bolsonaro (PL), movidos pelo antipetismo. As informações são do Valor Econômico. 

ACM Neto, no entanto, já bateu o martelo e não vai apoiar nenhum candidato à Presidência, ao menos no primeiro turno. 

Antes mesmo de tirar seu nome de jogo, Wagner aparecia atrás de Neto nas pesquisas de intenções de voto. A aposta petista era que o ex-governador da Bahia crescesse com a vinculação ao ex-presidente Lula (PT). 

Segundo apurado pelo BNews, a desistência de Wagner está relacionada, principalmente, com a pressão do governador Rui Costa (PT) para concorrer ao Senado. Agora, o nome do senador Otto Alencar (PSD), aliado petista, deve ser o escolhido.

Um interlocutor ligado a Neto, ouvido pelo Valor, destacou que, mesmo com as expectativa otimista, a possível disputa contra Otto será acirrada e a palavra de ordem no entorno do pré-candidato é manter o “pé-no-chão”.

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.