Em jogo ruim, Bahia perde para Juazeirense e segue fora do G4 do Campeonato Baiano

Tricolor precisava vencer para ultrapassar o Atlético de Alagoinhas e o Vitória e entrar no G-4 da competição,

O Bahia foi até o estádio Adauto Moraes para enfrentar a Juazeirese, pela 6ª rodada do Campeonato Baiano e perdeu para o time comandado pelo técnico Barbosinha por 1 a 0, com gol de Deysinho. O Tricolor precisava vencer para ultrapassar o Atlético de Alagoinhas e o Vitória e entrar no G-4 da competição, mas agora segue na 6ª posição, com seis pontos, três a menos do que o primeiro time dentro da zona de classificação para a segunda fase, que é o Rubro-Negro, time de Dado Cavalcanti.

Primeiro tempo

O jogo já começou com as redes balançando. Logo aos três minutos, Nildo Petrolina faz um cruzamento maravilhoso para Deysinho, que de cabeça abre o marcador. O outro lance aconteceu aos 17 minutos, também com a Juazeirense levando perigo. Clebson chutou de fora da área e a bola passou muito perto do gol de Matheus Teixeira. A outra chance mais aguda só aconteceu aos 38 minutos, quando Clebson tocou para Deysinho, que chutou para o gol, mas a bola ficou nos braços do goleiro Matheus Teixeira.

Segundo tempo 

Guto Ferreira voltou para a segunda etapa com duas alterações, mas não surtiu efeito. O primeiro chute a gol aconteceu somente aos 14 minutos, com Raí arriscando de fora da área e exigindo grande defesa de Calaça, da Juazeirense. Depois disso o que ocorreu foram tentativas em vão de ataques, onde a bola apenas ia de um lado para o outro, mas não dava perigo aos goleiros das equipes.

FICHA TÉCNICA:
Juazeirense 1×0 Bahia – Campeonato Baiano (6ª Rodada)

DATA: 27 de fevereiro de 2022 (Domingo)
HORÁRIO: 18h00
LOCAL: Adauto Moraes, em Juazeiro-BA
GOL: Deysinho (Juazeirense)

Juazeirense: Calaça; Dadinha (Daniel Nazaré), Emilio, Wendell e Rodrigo Ramos; Waguinho, Patrik, Deysinho (Dênis) e Clébson; Nildo Petrolina (Guilherme) e Neto Baiano (Willian Anicete). Técnico: Barbosinha

Bahia: Matheus Teixeira; Douglas Borel, Ignácio, Gustavo Henrique e Matheus Bahia (Ronaldo); Patrick (Rezende), Willian Maranhão (Marco Antônio) e Daniel (Mugni); Luiz Henrique, Raí (Everton) e Marcelo Ryan. Técnico: Guto Ferreira

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.