Famílias dormem em fila para matricular filhos em colégios na rede estadual

Pais e responsáveis de adolescentes em idade escolar dormiram na fila de várias escolas, na madrugada desta terça-feira (25), para matricular os estudantes em colégios da rede estadual, em Salvador.

Uma das unidades escolares com longas filas foi o Colégio Estadual Governador Roberto Santos, que fica na Rua Silveira Martins, no bairro do Cabula. A primeira pessoa na fila chegou ao local por volta de 00h desta terça. Mães e pais dormiram na grama e no chão, e chegaram a usar pedaços de madeira para se acomodar.https://8fc94d1068a7a43e14757dd6738eae20.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

A matrícula é informatizada, feita por meio do site da Secretaria de Educação. No entanto, alegando instabilidade no sistema de inscrição, muitos pais preferiram procurar as próprias escolas para não correr o risco de perder a vaga. Os atendimentos começam às 8h, mas os responsáveis recebem a ficha de entrada a partir das 7h10.

De acordo com o superintendente de Planejamento da SEC, Manoel Calazans, a situação ocorre porque não é possível realizar a transferência de escolas dentro do sistema online. Portanto é necessário que os estudantes que desejam trocar de unidade escolar compareçam na escola anterior e consultem disponibilidade de vagas em outras unidades. Em seguida, é necessário comparecer à unidade onde deseja estudar pra realizar a troca.

“Queremos tranquilizar as famílias, e dizer que a gente vai ampliar a quantidade de vagas nessas escolas (centrais), caso necessário. A gente sempre tem uma oferta maior do que a procura. Somente no Roberto Santos são 2.300 vagas, mas caso tenha necessidade de ampliação, a secretaria e a diretoria farão pontualmente a ampliação. O mais importante é realizar a matrícula e depois agenda com o diretor da nova escola para evitarmos aglomerações, como aconteceu hoje”, disse.

O gestor afirmou que todas as famílias que estavam na fila nesta terça-feira (25) serão contempladas e os estudantes terão vagas garantidas na escola.

Famílias dormem em fila para matricular filhos em colégios na rede estadual, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Famílias dormem em fila para matricular filhos em colégios na rede estadual, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Nesta terça, a transferência é exclusiva para estudantes que já são da rede estadual, que estavam matriculados com frequência regular no último ano, mas não renovou a matrícula; renovou ou pretende se transferir de colégio; ou ainda concluiu o ano, mas a escola não tem a série de continuidade.

Identificada pelo prenome Vânia, a dona de casa era a segunda pessoa da fila nesta manhã. Ela contou o motivo que a fez procurar o atendimento presencial, para fazer a matrícula. [Veja calendário completo e documentos necessários abaixo.]

“Procurei fazer pela internet, mas quando a gente tenta, o site começa a cair. Acho que muita gente começa a usar e não tem jeito. O melhor mesmo é vir no local. Cheguei meia noite. Meu filho saiu do 9º ano e vai para o 1º e não tem jeito de fazer a matrícula online. Então, eu deixei de mão e vim fazer aqui mesmo”.https://8fc94d1068a7a43e14757dd6738eae20.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

Famílias dormem em fila para matricular filhos em colégios na rede estadual, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Famílias dormem em fila para matricular filhos em colégios na rede estadual, em Salvador — Foto: Reprodução/TV Bahia

Outra mãe de aluno que dormiu na fila, identificada como Viviane, se queixou da situação que teve que enfrentar para conseguir matricular a filha.

“Eu cheguei aqui ontem meia noite, para conseguir uma vaga para minha filha. Chegamos à noite para não perder a vaga dos nossos filhos, aí para a gente não ficar em pé, nos deitamos aqui para descansar um pouco. A noite foi mais ou menos, porque para conseguir uma matrícula a gente precisa passar por essas situações aqui”, lamentou.

Documentos necessários:

  • Via original do Histórico Escolar;
  • Via original e cópia legível do RG ou Certidão de Registro Civil;
  • Via original e cópia legível do CPF;
  • Via original e cópia legível do respectivo comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, cartão de crédito ou TV por assinatura), com data recente;
  • Via original e cópia da respectiva Carteira de Vacinação devidamente atualizada;
  • Cópia legível do RG da mãe do estudante e/ou do responsável legal;
  • Cópia legível do CPF da mãe do estudante e/ou do responsável legal.

Calendário de matrícula

  • 24/01 – Matrícula para Pessoas com Deficiência (PcD’s)
    Pelo portal público de matrícula, na unidade escolar em que deseja estudar ou em qualquer escola Estadual posto de matrícula.
  • 25/01 – Transferência de Estudantes da Rede Estadual
    Para os estudantes matriculados, com frequência regular no ano letivo de 2021, em uma dessas situações:
    – Não Renovou a matrícula em Unidade Escolar Estadual-UEE;
    – Renovou a matrícula e pretende se transferir para outra UEE;
    – Concluiu o ano letivo 2021, em UEE que não possui o ano/série para continuidade do percurso escolar.
  • 26/01 e 27/01 – Matrícula de concluintes do 5º ano ou 9º ano do Ensino Fundamental
    Pelo portal público de matrícula, na unidade escolar em que deseja estudar ou em qualquer escola estadual posto de matrícula. Para os estudantes regularmente matriculados na rede municipal de ensino, no ano letivo de 2021, cujas escolas não oferecem o ano/série subsequente.
  • 28/01 – Ensino Fundamental
    Pelo portal público de matrícula, na unidade escolar em que deseja estudar ou em qualquer escola Estadual posto de matrícula. Para ingresso do candidato em escolar estadual em qualquer ano/série para os ensinos fundamental e médio, atendendo, sobretudo às diversas modalidades de oferta.
  • 31/01 e 01/02 – Ensino Médio
    Pelo portal público de matrícula, na unidade escolar em que deseja estudar ou em qualquer escola Estadual posto de matrícula. Para ingresso do candidato em escolar estadual em qualquer ano/série para os ensinos fundamental e médio, atendendo, sobretudo às diversas modalidades de oferta.

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.