Governo do Estado entrega primeiras 120 geladeiras a moradores de Itamaraju

O Governo do Estado entrega, nesta quarta-feira (29), 120 geladeiras para famílias atingidas pelas chuvas no município de Itamaraju, no extremo sul do estado. Os equipamentos foram adquiridos com recursos próprios, em um investimento superior a R$ 120 mil. Cada refrigerador custa aproximadamente R$ 1.008,00, tem baixo consumo de energia e alta durabilidade. Parte dos 1.500 refrigeradores doados pela Coelba também será entregue nesta quarta (29).

O município de Itamaraju foi um dos mais atingidos pelas chuvas e responde por quase 25% da demanda de geladeiras e outros eletrodomésticos, segundo o cadastro já realizado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

As famílias beneficiadas foram identificadas durante processo de triagem e, desde a semana passada, é feito um trabalho de busca ativa das vítimas dos temporais para a identificação das necessidades e urgências de cada uma delas. A SJDHDS também tem prestado apoio técnico às equipes de assistência social dos municípios.

A distribuição dos eletrodomésticos pela Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), de acordo com o projeto de lei sancionado pelo governador em 15 de dezembro, tem entre os requisitos a inscrição das famílias no cadastro único de programas do governo federal (CadÚnico); residência no município em estado de calamidade pública; e imóvel atingido pela chuva com perda de eletrodomésticos. A comprovação é feita por órgãos municipais e pela Sudec.

Em Ilhéus, onde permanecerá por tempo indeterminado, o governador Rui Costa concedeu entrevista em rede a veículos de comunicação de todo o estado na manhã desta terça-feira (28). Ele falou sobre a entrega das geladeiras para os municípios do Extremo Sul e pediu o apoio das prefeituras no cadastramento das famílias para recebimento do benefício que será executado dentro do programa Estado Solidário, anunciado na segunda-feira (27).

“Estamos fazendo um apelo e quero aqui renovar. Agora que a água começa a baixar e em toda a cidade que a água já baixou, eu peço a todo prefeito e prefeita que faça, com o máximo de agilidade, o cadastro das pessoas, das ruas e dos locais que foram alagados. É fundamental que tenhamos esse cadastro com nome, CPF, endereço dessas pessoas e data de nascimento para que a gente, de posse desse cadastro, possa tomar as medidas legais de ajuda humanitária. Nós vamos fazer um valor de auxílio financeiro para essas famílias”, declarou Rui.

O governador explicou que os objetos estão sendo entregues prioritariamente no extremo sul e, desta vez, pela dimensão da assistência, ainda não será possível em outras regiões. “Por isso, optamos em entregar a ajuda financeira. O cadastro se faz necessário tanto pela lei federal quanto pela lei estadual e estamos estudando o valor exato”, completou.

De acordo com a SJDHDS, pelos levantamentos feitos até agora, a demanda pelos eletrodomésticos e outros objetos em 17 municípios do extremo sul chega a 4.693 geladeiras; 4.704 fogões; 8.502 colchões; e 3.039 botijões de gás de cozinha. Outras entregas estão previstas para ocorrer no decorrer da semana.

“Nós vamos iniciar a entrega dos eletrodomésticos em Itamaraju e, ao longo dos próximos dias, outras famílias, de diferentes municípios, serão beneficiadas também. Esse é um momento delicado, e o Governo da Bahia tem feito um grande esforço para assistir as famílias de forma imediata. Entretanto, há uma dificuldade de entrega dos produtos por parte dos fornecedores. Mas, com união de esforços e muito trabalho, vamos vencer essa batalha”, afirmou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins.

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.