PF cumpre mandados de prisão e busca em operação contra fraudes a benefícios previdenciários no Recôncavo Baiano

A Polícia Federal iniciou uma operação contra fraudes a benefícios previdenciários e assistenciais no Recôncavo Baiano, nesta quinta-feira (19). Ao todo, 12 mandados de são cumpridos, sendo seis de prisão temporária e os outros seis de busca e apreensão, nas cidades de Milagres e Amargosa.

A PF detalhou que o grupo criminoso atuava desde 2017, “criando” pessoas fictícias com documentos falsos para obter os benefícios, que em sua maioria eram de prestação continuada. Esses benefícios têm o valor de um salário mínimo, pago pelo INSS a pessoas com mais de 65 anos e/ou portadores de deficiência.

O prejuízo estimado é de R$ 4 milhões, relativos a cerca de 50 benefícios fraudados. O número e os valores pode se tornar ainda maior, à medida que a investigação avance. A polícia também identificou indícios de que o grupo possui conexão com outra quadrilha que foi desarticulada em dezembro do ano passado, em Jeremoabo.

Esta operação foi batizada de Apólogo, em alusão à “fábula”, “ficção”. Os envolvidos vão responder por organização criminosa, estelionato previdenciário, falsificação de documento público e uso de documento falso.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *