Oito atletas do Independiente-ARG testam positivo para Covid-19, e elenco é barrado no aeroporto de Salvador

Dez membros da delegação do Independiente-ARG testaram positivo para coronavírus ao desembarcar em Salvador para enfrentar o Bahia, sendo que oito deles são jogadores. A partida entre as equipes, que está marcada para esta terça-feira, pela Copa Sul-Americana, corre risco de não acontecer.

Diante da situação, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não permitiu a entrada da delegação no país. O clube chegou à capital baiana na noite desta segunda-feira e, até a madrugada de terça, permanecia no Aeroporto Internacional de Salvador.

O Indepediente-ARG afirma que os testes positivos se tratam de casos residuais. Ou seja, atletas que já tiveram a doença, mas estão curados. A Anvisa, no entanto, só aceita testes negativos. O clube viajou para Salvador com 26 atletas, um número excedente.

O Independiente já avisou a CONMEBOL que se os atletas que testaram positivo não forem liberados, toda a deleção vai retornar para a Argentina. Nesse caso, a partida seria adiada.

Preocupada com a situação, a entidade pediu ajuda ao Bahia, e membros da direção tricolor foram até o aeroporto para tentar encontrar uma solução.

O jogo entre Bahia e Independiente vale a liderança do Grupo B e está marcado para 19h30 (horário de Brasília), no estádio de Pituaçu.

fonte: GE

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *