Bahia vence o Corinthians em jogo atrasado e deixa a zona de rebaixamento

Bahia respira!

O Bahia venceu o Corinthians por 2 a 1, na noite desta quinta-feira, na Itaipava Arena Fonte Nova, em Salvador, em jogo atrasado da 30ª rodada do Brasileirão, e deu um importante passo na luta contra o rebaixamento ao deixar o Z-4. Gilberto e Ramírez fizeram os gols do Tricolor, Gabriel diminuiu para o Timão. A equipe de Vagner Mancini, aliás, com três derrotas nos últimos quatro jogos, vê o sonho de buscar uma vaga na Libertadores da América de 2021 cada vez mais distante (para essa partida, o técnico teve o desfalque de 10 jogadores que testaram positivo para Covid-19, não viajaram e depois, com o time já em Salvador, tiveram novo exame, só que negativo). O time alvinegro até foi superior em vários momentos do jogo, mas sofreu gols em momentos de eficiência do Bahia e não conseguiu reagir.

Como fica?

Com a vitória, o Bahia foi a 35 pontos, ultrapassou o Fortaleza nos critérios de desempate e deixou a zona do rebaixamento. O Corinthians, estacionado nos 45 pontos, segue em nono, a sete pontos do G-6.

Primeiro tempo

O jogo começou morno, picado por faltas e pela demora na comunicação do árbitro Ricardo Marques Ribeiro com o VAR – mesmo sem nenhuma consulta ao monitor. Mas, aos poucos, o Corinthians foi ditando o ritmo da partida. Aos 20 minutos, Gustavo Mosquito teve ótima oportunidade, após lançamento de Cantillo e passe de cabeça de Jô, mas chutou para fora. Oito minutos depois, Douglas se agigantou na frente de Jô e evitou o primeiro gol. Os visitantes dominavam, mas foram os donos da casa que abriram o placar, na primeira finalização no jogo. Rossi cobrou falta da direita, Cássio tirou de soco e, na sobra, Ronaldo chutou cruzado. A bola sobrou para Gilberto, que desviou de cabeça para o fundo das redes. Em desvantagem, o Timão tentou pressionar e chegou a ter um gol anulado, por impedimento de Araos, mas acabou indo para o intervalo com um prejuízo ainda maior. Aos 48, após um passe errado de Fábio Santos, que Bruno Méndez não conseguiu dominar, o Bahia puxou contra-ataque com Thiago. Ele serviu Índio Ramírez, que deixou Gil e Fábio Santos no chão e chutou por baixo de Cássio.

Segundo tempo

A etapa final começou quente, com o Corinthians tentando reagir e partindo ao ataque. Depois de criar duas chances, o Timão reclamou muito de um toque de mão de Gregore, checado pelo VAR e não sinalizado como pênalti. Durante a revisão, inclusive, Gregore e o companheiro de time Rossi se desentenderam e chegam a discutir bem perto um do outro. Melhor em campo, o Timão conseguiu diminuir aos 25. Após jogada de Gabriel Pereira, Gabriel recebeu em profundidade e bateu cruzado. Dois minutos depois, Cássio salvou o Corinthians de levar o terceiro e colocar água na reação, ao defender chute forte de Thiago Andrade. Com muita dificuldade para criar, o Timão permaneceu em cima do Bahia na busca do empate. E os donos da casa, à espera do contra-ataque, tentaram ampliar. Com oito minutos de acréscimo, o Corinthians intensificou a pressão na reta final. Mas o Bahia conseguiu segurar essa importante vitória em casa.

Cássio 500

O goleiro do Corinthians atingiu, no jogo desta quinta-feira, uma expressiva marca com a camisa do Timão. Por falar em camisa, ele entrou em campo com um uniforme comemorativo pelos 500 jogos no clube. Depois do jogo, ele reclamou da arbitragem.

Próximos jogos

O Bahia volta a campo pelo Brasileirão no domingo, às 16h, quando enfrenta o Vasco, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 33ª rodada. O jogo do Corinthians nesta rodada, contra o Santos, foi transferido para o dia 17, às 19h, na Vila Belmiro, por conta da final da Libertadores. O Timão, então, só volta a campo no dia 3, pela 34ª rodada, contra o Ceará, às 21h30, na Neo Química Arena.

fonte: GE

Post Author: Redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *