Cidades baianas decretam estado de emergência e calamidade pública por causa das chuvas

Algumas cidades baianas decretaram estado de emergência e calamidade pública por causa das fortes chuvas que caem desde o último domingo (1º). Não há registro de feridos.

Um desses municípios foi Almadina, que fica na região sul. De acordo com o secretário de Assistência Social, Antônio Brito, de domingo até esta terça-feira (3), 250 famílias foram atingidas pelas chuvas fortes que caem no sul da Bahia. Elas perderam móveis e eletrodomésticos.

Até a segunda-feira (2), ao menos 12 famílias atingidas ficaram desalojadas. Duas foram abrigadas em uma escola pública e outras dez preferiram ficar na casa de familiares. Nesta terça, todas essas famílias já haviam retornado para casa.

No decreto, a prefeitura de Almadina informou que a cidade registrou 100 mm de chuva. Ainda segundo o secretário, duas casas correm risco de desabamento e uma outra desabou parcialmente.

A prefeitura está servindo alimentação para as famílias, porque mesmo que esses moradores já tenham voltado para casa, eles perderam mantimentos com a chuva.

Uma das principais áreas afetadas foi a região do Largo da Paz, que ficou totalmente alagada. Por lá, a água da chuva atingiu uma altura de cerca de meio metro.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *