Bahia vence o Corinthians de virada na estreia

O Bahia estreou com vitória no Campeonato Brasileiro ao bater o Corinthians por 3 a 2, de virada, neste domingo, na Fonte Nova, em Salvador. O Timão abriu o placar com Pedrinho nos acréscimos do primeiro tempo, mas o Tricolor chegou à igualdade na saída de bola, com Arthur Caíke. Na etapa final, Artur e Rogério, com um golaço por cobertura, colocaram a equipe da casa em vantagem. Clayson, também com um belo gol, descontou no fim.

Bahia e Corinthians fizeram um jogo bastante disputado e que ganhou emoção apenas nos minutos finais. Ramires teve uma boa chegada na área, no primeiro minuto, e parou em defesa tranquila de Cássio. O Tricolor ainda perdeu Fernandão, substituído após um choque de cabeça com Pedro Henrique. Gilberto entrou e ficou preso entre os zagueiros. O VAR foi acionado aos 34 minutos por conta de um suposto pênalti de Carlos Augusto em Nino Paraíba. O árbitro Wilton Pereira Sampaio analisou o lance na beirada do campo e nada marcou. O Corinthians abriu o placar aos 46. Pedrinho, o melhor do Timão em campo, bateu da entrada da área e acertou o canto esquerdo de Anderson. O Bahia empatou na saída de bola, aos 48. Arthur Caíke ganhou de Pedro Henrique pelo alto e cabeceou. Cássio ainda desviou, mas não evitou a igualdade.

O Bahia voltou do intervalo tentando pressionar. Moisés, aos 11 minutos, chutou forte de fora da área, Cássio espalmou, e a bola explodiu na trave. Clayson, aos 20, respondeu com uma finalização perigosa que passou por cima após desviar na zaga. Quatro minutos mais tarde, Clayson arriscou outra vez, e o goleiro Anderson espalmou. Apesar dos sustos do Corinthians, foi o Bahia quem conseguiu a virada. Em jogada rápida de Rogério pela esquerda, Gilberto cruzou, e Artur apareceu em velocidade na área para bater forte. Antes de o Corinthians tentar reagir, o Bahia fez o terceiro. E um golaço, aos 38. Ralf furou, e a bola sobrou para Rogério. O atacante avançou livre e bateu por cobertura. O Corinthians descontou, aos 49. Clayson recebeu pela esquerda e bateu bonito, acertando o ângulo esquerdo do goleiro.

O árbitro Wilton Pereira Sampaio consultou o monitor na beirada de campo, aos 34 minutos do primeiro tempo, para analisar um suposto pênalti de Carlos Augusto, do Corinthians, em Nino Paraíba, do Bahia. O juiz, porém, nada marcou. Para o comentarista de arbitragem do Grupo Globo, Sálvio Spínola Fagundes Filho, a decisão foi acertada.

Com apenas 20 anos, o atacante Pedrinho atingiu neste domingo a marca de 100 partidas pelo Corinthians. Escalado como titular pelo técnico Fábio Carille, o garoto formado na base do Timão recebeu da diretoria uma camisa comemorativa e abriu o placar na Fonte Nova. Mas não foi suficiente para impedir a derrota…

O Bahia enfrenta o Botafogo, quinta-feira, Às 20h, no Engenhão, no Rio de Janeiro. O Corinthians recebe a Chapecoense, quarta, às 16h, na Arena, em São Paulo

fonte: GE

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *