Atlético atropela o Boa e vai à final com rival

Não teve VAR que pudesse parar o Atlético-MG na tarde deste domingo. Jogando no Mineirão, o Galo foi para cima do Boa Esporte desde o início, conseguiu se impôr e mostrou porque vai disputar sua 13ª final do Mineiro seguida. Após um gol anulado pelo árbitro de vídeo, a equipe continuou no ataque, fez três no primeiro tempo, mais dois no segundo e saiu cheio de moral para a decisão estadual e para o confronto decisivo na Libertadores no meio da semana.

Quando Luan balançou as redes aos 18 mnutos do primeiro tempo e o árbitro pediu para esperar antes da saída, a torcida reviu o filme do jogo de ida. O VAR foi acionado e anulou o gol – o terceiro invalidado nas semifinais. Minutos depois, o próprio Menino Maluquinho marcou novamente e, mais uma vez, o lance foi pro vídeo. Só que dessa vez, valeu. Já no segundo tempo, após um gol anulado por impedimento, o VAR voltou a atuar e o gol foi validado – dois minutos depois. Um grito de fol atrasado, com a ajuda da tecnologia.

Luan abriu o placar após cruzamento de Cazares e desvio de Ricardo Oliveira. Elias ampliou em lindo contra-ataque, após receber um presente também de Ricardo Oliveira. Depois, Victor tentou cortar cruzamento de Cazares e mandou contra as próprias redes. Já no segundo tempo, Geuvânio, que estreava como titular, aproveitou bobeada de Fernando e ampliou. Por fim, Vinicíus recebeu de Elias e fechou o caixão.

O Boa Esporte viu o sonho de chegar à uma final inédita interrompido abruptamente nesta tarde, mas ainda tem alguns motivos para sorrir. O clube deixa o Mineiro com o título de Campeão do Interior e com uma base bem formada para a disputa da Série C.

Agora o Atlético-MG deve voltar todas as atenções para a Libertadores. Precisando vencer, o Galo viaja para enfrentar o Cerro Porteño em Assunção, no Paraguai, na próxima quarta-feira, às 19h15.

Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentam nos próximos domingos, 14 e 21 de maio. A Raposa se classificou ao bater o América-MG nas semifinais.

fonte: GE

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *