Com time “B”, Bahia empata com Atlético de Alagoinhas

Bahia e Atlético de Alagoinhas empataram em 1 a 1 na noite desta quarta-feira, no Carneirão, pela 4ª rodada do Campeonato Baiano. João Neto, de pênalti, marcou o gol do Carcará, enquanto Caíque, que balançou as redes pela primeira vez como profissional, anotou o gol tricolor, que atuou com o time “B”. O jogo foi marcado por lances polêmicos. O Bahia reclamou de um pênalti não marcado e um gol mal anulado, lances que ocorreram no segundo tempo.

Bahia e Atlético de Alagoinhas entraram na rodada como times de muitos gols marcados no Campeonato Baiano. E não foi preciso esperar muito para que a redes fossem balançadas no Carneirão. Aos oito minutos, Gabriel Esteves foi derrubado na grande área por Ignácio e o árbitro marcou pênalti, convertido por João Neto, artilheiro do estadual com cinco gols marcados. No lance seguinte, Iago cruzou na cabeça de Caíque, que empatou a partida. Após o ímpeto goleador inicial, a fonte secou. João Neto ainda tentou pelo Carcará, enquanto Felipinho e Clayton responderam pelo Tricolor. Mas o jogo foi para o intervalo empatado em 1 a 1.

O início do segundo tempo ficou marcado por polêmicas. Os jogadores do Bahia reclamaram de pênalti em lance em que Matheus Silva caiu na grande área após dividida com Leandro Sobral, mas o árbitro Emerson Ricardo mandou seguir. Minutos depois, Clayton levou a bola até a linha de fundo e Caíque marcou, mas o árbitro anulou o lance sob a alegação de que a bola havia saído de campo no momento do cruzamento. Nas imagens, foi possível ver que o gol foi legal. Como havia feito as três substituições, o Atlético de Alagoinhas ficou com um homem a menos após a lesão de Rafael Granja, que deslocou a clavícula. Mesmo com a vantagem numérica em campo, o Bahia não conseguiu ameaçar e tirar o empate do placar.

Com o empate, o Bahia chegou aos 5 pontos e subiu para a 3ª colocação, na zona de classificação para a segunda fase. O Atlético de Alagoinhas aparece na 7ª posição, com quatro pontos.

O Atlético de Alagoinhas enfrenta o Fluminense de Feira no sábado, às 17h (horário local), no Joia da Princesa. No domingo, às 16h, é a vez do Bahia encarar o Jacobina na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Guto e Clayton se estranharam no gramado. O volante fez uma falta sem bola no atacante, levou cartão, ficou na bronca e bateu boca com o adversário. No fim do primeiro tempo, o árbitro precisou chamar os dois para uma conversa. No segundo tempo, Guto voltou a fazer faltas em Clayton, uma delas sem bola, mas escapou do segundo cartão e, por consequência, da expulsão.

O Atlético de Alagoinhas está invicto no Campeonato Baiano. Mas, se não perdeu, o Carcará também não venceu pelo estadual. Foram quatro empates nas quatro partidas realizadas até aqui.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *