São Paulo vence, quebra jejum e complica o Vitória no Brasileirão

ALÍVIO E PRESSÃO
Depois de seis partidas de jejum, o São Paulo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Bem mais criativo do que nas últimas partidas, o Tricolor venceu o Vitória por 1 a 0, na noite desta sexta-feira, no Barradão. O zagueiro Bruno Alves, aos 36 minutos do primeiro tempo, marcou o único gol do jogo.

FIM DE JOGO QUENTE
O goleiro Jean se envolveu em uma confusão com jogadores do Vitória logo após o o apito final. As imagens da TV mostram que o jogador, revelado pelo rival Bahia, se posiciona para dois lados diferentes das arquibancadas atrás de um dos gols e faz gestos, como quem diz “aqui quem manda sou eu”. Pessoas atrás do gol começam a xingá-lo. Logo depois, Jeferson, do Vitória, vai para cima dele. Ele foi expulso pelo árbitro Leandro Pedro Vuaden na saída de campo.

MOMENTO PREOCUPANTE PARA O VITÓRIA
A derrota em casa mantém o Rubro-Negro na 17ª colocação, com 33 pontos, seriamente ameaçado pelo rebaixamento. A diferença para o América-MG continua de um ponto, mas pode aumentar no complemento da rodada. Foi o quarto tropeço consecutivo em casa no Brasileirão.

SÃO PAULO RESPIRA
O fim da série de seis jogos sem vencer anemiza clima pesado no Tricolor, principalmente pela cobrança em cima do trabalho do técnico Diego Aguirre. Com a missão de se classificar diretamente para a fase de grupos da Libertadores de 2019, o time tem agora 56 pontos, em quarto lugar, quatro acima do Grêmio. A briga pelo título continua distante. São seis pontos atrás do líder Palmeiras.

PRIMEIRO TEMPO
O São Paulo começou melhor a partida e encontrou muito espaço na defesa do Vitória para atacar. Com Reinaldo e Rojas abertos pelos lados, Diego Souza mais recuado e Carneiro como centroavante, o Tricolor chegou com facilidade à área rubro-negra. Diego Souza e Luan pararam no goleiro Ronaldo. O Vitória melhorou depois dos 20 minutos ao acelerar o jogo. Lucas Fernandes e Rhayner tiveram boas oportunidades. O gol do São Paulo saiu aos 36. Pela direita, Reinaldo tocou para Rojas, que encontrou Bruno Alves na área. O zagueiro bateu forte, Ronaldo chegou a desviar, mas não conseguiu evitar que a bola entrasse.

SEGUNDO TEMPO
O Vitória teve muita dificuldade para pressionar logo no retorno dos vestiários diante de um bom trabalho defensivo do São Paulo, sobretudo de Arboleda. Rojas quase marcou o segundo dos paulistas em chute que passou perto da trave, mas se lesionou no lance e deixou o gramado. No desespero, o Vitória cresceu depois dos 30. Maurício Cordeiro parou em boa defesa de Jean, Léo Ceará levou perigo, Wallyson quase marcou de falta, mas o empate não saiu.

ROJAS VIRA PROBLEMA
O atacante do São Paulo precisou ser substituído no segundo tempo com suspeita de ruptura do tendão patelar do joelho direito. Ele se lesionou logo depois de criar boa chance de gol e cair em cima da própria perna.

PRÓXIMOS JOGOS
O Vitória volta a jogar no domingo que vem, contra o Paraná, às 17h, em Curitiba. No mesmo dia e horário, o São Paulo recebe o Flamengo, no Morumbi.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *