Equipe paulista enfrenta o Vitória neste domingo, no Barradão, depois de ter perdido título da Copa do Brasil

O Vitória tem pela frente um confronto chave diante do Corinthians, pela 30ª rodada do Brasileirão: um triunfo significa a subida na tabela até à zona de classificação para a Sul-Americana. Por outro lado, derrota ou empate representam o risco do retorno ao Z-4, caso Ceará ou Chapecoense vençam seus compromissos diante Palmeiras e Cruzeiro, respectivamente.

Para conquistar os resultados positivos nessa reta final de Série A, nada melhor que conhecer bem o adversário e estar atento aos seus pontos fracos. Segundo Fabiano, entrevistado na tarde desta quinta-feira na Toca do Leão, foi exatamente isso que os jogadores do Vitória fizeram na noite da última quarta, quando o Corinthians estava em campo pela final da Copa do Brasil, contra o Cruzeiro. Para reforçar o estudo, o jogador conta com a ajuda do setor de análise rubro-negro.

– Ontem a gente estava acompanhando a partida deles. Creio que todos estavam. Temos o pessoal responsável pelas análises. Com certeza, aquilo que escapa, que não conseguimos ver, eles vão passar para gente – afirmou o jogador.

O adversário, inclusive, chega para a partida deste domingo sob pressão. Além da pontuação incômoda no Brasileirão, a perda do título na Copa do Brasil também pesa. Cabe ao Leão aproveitar o clima ruim do time alvinegro, a fim de fazer da partida um terreno favorável para emplacar a segunda vitória seguida. Mas o lateral pondera que é preciso foco.

– Acho que o Corinthians vai vir aqui muito mais pressionado. A gente tem que estar ligado para isso. Temos que saber que eles vão vir muito pressionados pelo que aconteceu ontem, por ter perdido o título. A gente vai estar focado, concentrado, para suportar bem o time deles – disse.

Para a partida, Fabiano verá Paulo Cézar Carpegiani ter certa dificuldade para definir o time titular: Ramon está suspenso pelo terceiro cartão amarelo; Léo Gomes está vetado por conta do estiramento na panturrilha; e Rodrigo Andrade é dúvida, com cansaço muscular. Todos titulares. Uma dor de cabeça que o camisa 20 prefere manter na alçada do treinador.

– Aí é com o professor. Isso cabe ao professor. Claro que viemos de um resultado positivo, de uma vitória fora, mas o professor está trabalhando ao longo da semana e vai ter a melhor escalação – garantiu.

Como opções para substituição no meio-campo, Carpegiani conta com Arouca, Fillipe Soutto e Meli. Já na defesa, tem Ruan Renato, Bruno Bispo e Aderllan. A partida contra o Corinthians será realizada no Barradão, às 16h (de Brasília).

Confira outros trechos da entrevista coletiva de Fabiano.

Time sub-20
– Fico muito feliz em saber que eles estão muito bem. Inclusive vão disputar uma final, né? Fico muito feliz. Tenho certeza que acrescenta, e muito, para todo o clube.

Jogo a jogo
– A gente pensa no próximo jogo. Nosso próximo jogo é contra o Corinthians. É ganhar para se distanciar o máximo do Z-4.

Apoio da torcida
– Pelo fato de estarmos jogando em casa, com o apoio de nossa torcida, temos que propor esse jogo. Temos que estar ligados com o time do Corinthians, os contra-ataques. No segundo tempo, entraram Clayson e Pedrinho, que são muito agudos, velocistas. A gente tem que estar ligado nisso.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *