Enderson reconhece dificuldade contra o Paraná

Na noite deste sábado, com dois gols de Vinícius, o Bahia derrotou o Paraná em Pituaçu e reencontrou os três pontos após cinco rodadas. Teoricamente, parecia um jogo fácil ao Esquadrão: estádio com 30 mil torcedores e o lanterna pela frente, que não vencia há 14 partidas. Mas o “fácil” ficou só na teoria. A equipe paranaense se postou bem defensivamente, e o Bahia só conseguiu balançar as redes depois dos 40 minutos do segundo tempo [confira os melhores momentos do jogo acima].

Com o resultado, o Bahia ocupa momentaneamente a 12ª colocação na tabela; ao final da rodada, o Tricolor poderá perder posições caso Botafogo, Vasco, Chapecoense vençam seus jogos.

Em entrevista após a partida, um tom de alívio nas palavras do técnico Enderson Moreira. Apesar do triunfo, o comandante afirmou que já esperava o nível de dificuldade encontrado diante do Paraná. Enderson citou a postura do adversário e a necessidade do Bahia pelos três pontos, ingredientes que deram à partida certa tensão.

– Eu estou no futebol há vinte anos. Isso se repete muitas vezes. O jogo é complicado, não é fácil vencer um jogo na Série A, Série B, em qualquer série. O adversário veio com a proposta que teve, atendimentos com o goleiro, por diversas vezes… Os caras vieram para não jogar. O torcedor nos incentivando, nos apoiando, a gente querendo o triunfo… Torna um jogo tenso. Buscamos tranquilidade para buscar o resultado que dava para buscar.

O treinador, inclusive, tem boa parte do mérito da conquista dos três pontos neste sábado. Aos 25 minutos, ele colocou em campo Vinícius, que foi fundamental para o resultado positivo. Enderson enaltece o seu grupo e explica como consegue manter o padrão de jogo, apesar das mudanças que faz na equipe.

– A gente fala com os nossos atletas para que a gente possa ter um plano de jogo, uma ideia clara. E, a cada dia, eles têm entendido melhor isso. Isso nos dá a possibilidade de fazer as mudanças. A gente prepara muito os jogadores que não estão jogando muito, treina muito na ideia de jogo, formatação da equipe. Em todos os treinamentos, eu estou presente, para poder estar ali na frente, falando, organizando, mostrando como é. Principalmente, preparando para esses momentos. Tenho uma atenção principalmente com quem não está jogando muito, a gente concentra os trabalhos, porque a gente sabe que a qualquer momento eles vão precisar dar uma resposta, como têm dado aí.
Mas agora é mudar a chave. A zona de rebaixamento ainda assusta, e Enderson Moreira se mostra ciente disso. O foco agora está na 30ª rodada do Brasileirão, que colocará a equipe baiana diante do Botafogo, no Rio de Janeiro. O comandante é claro em seus planejamentos: é preciso manter a pegada nos próximos confrontos da competição para conquistar bons resultados.

– Não tem refresco. A gente está no período que é uma sucessão de jogos decisivos. A gente precisa de todas as formas manter nossa organização, manter o time com boas atuações e buscar o resultado. Temos criado situações para vencer fora de casa, e a gente precisa estar bem preparado para esses confrontos – completou.

O partida contra o Botafogo está marcada para o próximo domingo, às 16h (de Brasília).

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *