Bahia precisa fazer o dever de casa para seguir na Série A

Time que mais atuou no futebol brasileiro em 2018, com 63 partidas disputadas, o Bahia está perto de chegar ao fim da temporada. Serão dez jogos pelo Campeonato Brasileiro e pelo menos outros dois pela Copa Sul-Americana. Na Série A, a missão é evitar o rebaixamento. Hoje, o time de Enderson Moreira ocupa a 14ª posição, com 31 pontos. Segundo o Infobola, do matemático Tristão Garcia, o risco de rebaixamento é de 30%. Já a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) aponta uma probabilidade de 26% de queda para o Tricolor.

A primeira partida das últimas dez rodadas do Campeonato Brasileiro será contra o Paraná, no sábado, às 21h (de Brasília), no estádio de Pituaçu, em Salvador. Na sequência, o Bahia encara Botafogo, Corinthians, Chapecoense, Vitória, Ceará, Atlético-MG, Fluminense, América-MG e Cruzeiro. O momento mais pesado da tabela, com jogos contra times que brigam pelas primeiras posições, ficou para trás. Além de ter mais tempo para treinar e recuperar jogadores, o Tricolor só enfrentará um time do G-6, o Atlético-MG, que ocupa a 6ª posição. Serão outros seis jogos contra rivais diretos na briga contra o Z-4 (Paraná, Botafogo, Chapecoense, Vitória, Ceará e América-MG).

Nas dez rodadas, serão cinco jogos em casa e cinco fora. Portanto, o time baiano necessita fazer o dever de casa para se manter na Série A. Com cinco triunfos em Salvador, o Bahia somaria 15 pontos, o suficiente para atingir 46 pontos e superar a pontuação que, pelo histórico do Campeonato Brasileiro, é considerada segura para evitar o descenso, que é de 45 pontos.

Para tanto, será necessário melhorar os números como mandante. O Bahia é apenas o 12º time em aproveitamento nos jogos realizados em casa. Foram 14 partidas em Salvador, com seis triunfos, seis empates e duas derrotas, um desempenho de 57%.

Nas dez rodadas finais do primeiro turno, o Bahia conquistou 17 pontos. E o desempenho em casa foi fundamental. Foram três triunfos e dois empates na capital baiana. Fora de casa, o Tricolor obteve quatro empates e somente uma derrota, justamente para o Paraná, adversário do próximo fim de semana.

Mas, se o aproveitamento no fim do primeiro turno foi bom, o mesmo não se pode dizer do papel desempenhado até aqui pelo Bahia na segunda metade do Brasileiro. O time de Enderson Moreira conquistou apenas seis pontos entre a 20ª e a 28ª rodada. Foram nove jogos, com um triunfo, três empates e cinco derrotas. Somente o Paraná teve rendimento pior.

Em 2017, o Bahia chegou na 29ª rodada em situação mais confortável. Na época, o Tricolor ocupava a 10ª colocação, com 35 pontos, três a mais que a Ponte Preta, time que abria o Z-4. O time baiano encerrou o campeonato na 12ª posição, com 50 pontos.

fonte: G1

Post Author: Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *